O PROGRAMA LIMPA E ADUBA E A IMPORTÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO FLORESTAL

No passado dia 11 de outubro a APAS Floresta em parceria com o Centro Municipal Florestal de Torres Vedras, a AFLOESTE e a CELPA, promoveu um seminário sobre a Valorização da Floresta, o Programa Limpa e Aduba e a Importância da Certificação Florestal.

A abertura da sessão foi feita pela Engª Filipa Araújo, responsável pelo Gabinete Técnico Florestal do Município de Torres Vedras e apresentada pela Engª Rute Santos, coordenadora técnica da APAS Floresta; pela Engª Joana Godinho, secretária-geral da AFLOESTE – Associação Interprofissional da Floresta do Oeste; e pela Engª Helena Rodrigues, técnica da CELPA responsável pela região Oeste.

Foi feito o enquadramento da APAS Floresta na região e os trabalhos desenvolvidos, com destaque para a certificação florestal (vantagens, o processo de adesão e respetivas obrigações). A AFLOESTE, da qual a APAS Floresta é uma das associações fundadoras, fez o ponto da situação da certificação florestal na região Oeste. A CELPA abordou as regras do Programa Limpa e Aduba, as boas práticas florestais e as épocas indicadas para realização de cada operação (controlo de matos e seleção de varas).

A sessão contou com a presença de proprietários/produtores florestais da região, técnicos florestais e da The Navigator Company.

Gostaríamos de agradecer a todos os participantes e em especial ao Centro Municipal Florestal de Torres Vedras pela disponibilidade na realização deste evento.